Total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Soneto Café



Conheci hoje este espaço incrível: Soneto Café, em Dourados/MS. Café especial acompanhado por deliciosas opções de salgados e doces; e, tudo isso embalado por um ambiente aconchegante e agradável.

A Capa do Cardápio traz registro de pequenos artistas; e, assim quebra aquela rotina de trabalho, compromissos, e corre-corre que faz parte da vida da maioria dos adultos, pois apresenta as pessoas atarefadas, uma oportunidade de fazer uma pausa para o lúdico. E, como o Soneto registra em sua página do facebook: 

Os pequenos artistas capricharam!
Nossos cardápios viraram verdadeiras obras de arte.
Parabéns aos artistas!
E ainda dá tempo de pintar o seu.



Ainda tem um quadro que informa o "Pra Hoje"! (Hoje não tirei a minha foto... peguei essa emprestada daqui


Quando entrei quis logo o café coado na hora...


...mas comecei pelo Café Mocca


e uma Quiche Caprese D-E-L-I-C-I-O-S-A


Vieram duas Quiches Caprese.



Eu estava acompanhada do meu filho e de sua namorada. Então, quando veio à mesa o bolo de cenoura com cobertura de chocolate, tive que pedir um igualzinho pra mim... 



Em cada mesa tem um vasinho de flor e uma caixinha com frases do dia. 



O lugar lembra aquela frase da Martha Medeiros: "Li em algum lugar que há uma regra de decoração que merece ser obedecida: para onde quer que se olhe, deve haver algo que nos faça feliz".


No Soneto você pode tomar um café e aproveitar pra levar um, dois, três, vários doces Sabores da Fazenda que estão com desconto. 




Tem goiabada cascão, goiabada cremosa, bananada e bala de banana.



E lá você também pode provar um café premiado pela ABIC em 2016 na categoria: Qualidade e consistência; e, na categoria Gourmet..


Um pouco de História:
A família Baggio, gente empreendedora, realiza o sonho de produzir no Brasil o melhor café. A história de família Baggio se iniciou em 1886, quando a família veio para o Brasil vinda da Itália. Nesta época, iniciou a produção de café nos Estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, iniciando também uma grande tradição no ramo de café. 

Os cafés Baggio, como são internacionalmente conhecidos, são produzidos em uma das melhores regiões para plantio de cafés especiais. Esta região é chamada de Alta Mogiana. O cuidado da família, que até hoje, já na quarta geração, produz um dos mais tradicionais e saborosos cafés do Brasil.




E então, partimos para o café gourmet coado na hora. E, só sei que foi bem assim...


Um mini coador de pano (individual) com o melhor do café moído acoplado a um suporte de metal, uma caneca de porcelana retrô de aproximadamente 240ml (lembra aquelas antigas canecas ágatas em ferro  ou alumínio, revestidas de esmalte), acompanhada da pequena caneca de "chorinho" (150ml); um cálice de água com gás e um biscoito. A atendente do Soneto despeja a água quente até que comece gotejar na caneca em baixo. Faz uma breve pausa. Despeja o restante de água fazendo movimentos circulares. O aroma do café se espalha, e depois é só degustar. Café com boa acidez e encorpado, com notas de cítrico e caramelo. Pedi o meu com sabor: Amaretto.




Observe ao fundo que o balcão de atendimentos do Soneto retrata a paisagem de uma Fazenda do Café.


A vontade é experimentar todas as opções, mas deixamos para outros retornos...


Ficou para outro dia o bolo de mandioca com calda de goiabada, porque hoje não tinha.





Quis fotografar tudo, mas ainda fico inibida de sair registrando tudo assim por aí. Então, emprestei algumas fotos do faceboock do Soneto.






Nenhum comentário:

Postar um comentário