Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Café Fazenda Caeté lança café em sachê



Indústria Café Fazenda Caeté de Campo Belo lança café em sachê

A indústria Café Fazenda Caeté agrega ao segmento de mono dose brasileiro um lançamento inédito: café torrado e moído em sachê para ser preparado diretamente na xícara, em infusão com água em ponto de ebulição. A empresa, sediada em Campo Belo, município do Sul de Minas, próximo à Varginha, deu à novidade o nome de ‘Café Individual’.


O produto, que incorpora inovação, praticidade e economia, tem suas características guardadas a sete chaves. Em sua composição há apenas grãos da qualidade arábica, que são torrados em forno ecológico: movido a gás ou a lenha sem emissão de fumaça. Diferente do solúvel, que apresenta misturas com as espécies robusta ou conilon, classificados como matéria-prima de segunda linha. A pureza do Café Caeté também está relacionada ao cultivo exclusivo em duas fazendas: a Caeté e a Córrego Dantas, localizadas em Cristais, terooir do Sul de Minas, e que são de propriedades de Antônio Costa, um dos donos da empresa.

Paralelo à produção do Café Individual, a empresa também investe nas linhas de café Tradicional, Superior e Expresso, este que pode ser adquirido em torras média ou escura. O investimento na industrialização do “ouro verde” foi iniciado há três anos, quando a torrefadora Café Fazenda Caeté foi adquirida pelo até então cafeicultor Antônio Costa em parceria com os filhos Fernando e Marco Antônio e com o executivo Carlos Richard Carvalhaes. “Estava inviável manter a atividade cafeeira naquela época, com a saca a R$ 230”, conta Fernando Costa, diretor comercial. Foi quando decidiram que o melhor negócio era apostar em algo novo, que agregasse valor. “Quem vislumbrou esse novo produto foi o Dr. Carvalhaes”, completa.

O primeiro passo foi procurar uma indústria que tivesse boa reputação no mercado e que já trabalhasse com qualidade. “A Café Fazenda Caeté era exatamente o que nós buscávamos, principalmente porque ela foi a primeira empresa a ter um produto no PQC – Programa de Qualidade do Café, da Associação Brasileira de Indústria e Café - Abic”.

A torrefação foi adquirida em outubro de 2009 e em janeiro de 2010 já entrava em operação. “Investimos cerca de R$ 4 milhões na modernização, com a importação de novos equipamentos, capacitação dos funcionários, designer da marca, embalagem e também um terreno para futura expansão”.

Café exclusivo

Com capacidade instalada para fabricar 3 milhões de unidades/turno, mas produzindo 1 milhão de sachês por turno, de acordo com o projeto inicial, em que criou-se uma nova forma de consumo de café, a empresa, pretende comercializar o ‘Café Individual’ por todo o país, ampliando sua área de atuação que hoje corresponde a São Paulo e Minas Gerais, abrindo os mercados gaúcho, paranaense, catarinense e carioca . Eles também pretendem exportar. “Já está em andamento o processo de exportação do café em sachê em outros mercados”, adianta o diretor comercial. Por outro lado, no momento, não está no plano trabalhar na área de marcas próprias, em que se produz de forma terceirizada para uma outra empresa. “Queremos primeiro consolidar nossa marca e nosso produto inovador”, diz Fernando Costa.

O ‘Café Individual’ é vendido em caixas com 25 sachês de 5 gramas cada. Assim como o processo do chá, que tem aparência semelhante, porém com as dimensões e volume cúbico diferentes, a infusão em água fervente é utilizada para fazer o sachê de café. As embalagens trazem informações sobre o método de preparo, aquecendo-se a água tanto no micro-ondas quanto no fogão convencional. Basta adicionar 50 ml de água em ponto de ebulição sobre o sachê na xícara, e agitá-lo por 60 segundo. Para um café com sabor mais acentuado, basta deixar o saquinho por mais tempo na infusão. Para um café mais suave, menos tempo. “Cada pessoa pode preparar seu café do jeito que gosta, facilmente, em poucos segundos”, explica Fernando Costa.

Como todos os itens do Café Fazenda Caeté são produzidos com grãos cultivados nas próprias fazendas, a empresa trabalha com a dinâmica de também investir na qualidade das lavouras. “Queremos aumentar a produção de cafés superiores e gourmet, tanto que estamos em fase final de implantação do programa de certificação, definindo métodos de trabalho, enfim, explorando ao máximo as características peculiares das nossas lavouras. E até, quem sabe, associar novos cafeicultores que se enquadrem nos requisitos exigidos pela empresa”.



Café Fazenda Caeté Individual
Café individual para o preparo diretamente na xícara. Uma nova forma de beber café com praticidade e muita qualidade. Indicado para food service, hotelaria, escritórios, dentre outros.

DETALHES e ESPECIFICAÇÕES DO PRODUTO

Café individual para o preparo diretamente na xícara. Uma nova forma de beber café com praticidade e muita qualidade.

Um produto que une inovação e praticidade, resultado de 3 anos de pesquisa e desenvolvimento.

Café torrado e moído, em sachê, preparado diretamente na xícara através de infusão com água em ponto de ebulição.

Disponível em caixas contendo 16 sachês.



fonte

http://revistacafeicultura.com.br/?mat=40449

http://cafefazendacaete.com.br/plus/

Nenhum comentário:

Postar um comentário